sexta-feira, 26 de agosto de 2016

ROUBO EM BURITI DOS LOPES

Ladrões arrombam e furtam residência de vice-prefeito de Buriti dos Lopes


Um boné que pode levar a um dos ladrões foi deixado na área de serviço. Uma testemunha teria presenciado o momento em que uma pessoa pulou o muro.




Boné de um dos ladrões foi deixado para trás.

A residência do vice-prefeito de Buriti dos Lopes, Bruno Pieca, localizado à Rua Projetada, bairro Acampamento, foi alvo da bandidagem na noite desta quinta-feira, dia 25. Vice-prefeito e esposa participavam de um evento político no mesmo bairro que residem e ao retornarem à residência tiveram uma surpresa desagradável, ou seja, perceberam, por volta das 22h30, que o local tinha sido arrombado.




Os meliantes pularam o muro, arrombaram a porta da cozinha e tiveram acesso a parte interna da residência. Do local, os ladrões levaram uma TV LED 32p, um receptor, um aparelho celular iPhone, jóias, perfumes, dinheiro, dentre outros objetos. O quarto do casal foi todo revirado.



A Polícia Militar foi acionada e esteve no local colhendo informações e saíram em diligências. Um boné que pode levar a um dos ladrões foi deixado na área de serviço. Uma testemunha teria presenciado o momento em que uma pessoa pulou o muro quando o casal chegava do evento e repassou informações aos policiais. A Polícia já tem alguns suspeitos e prisões podem ser realizadas há qualquer momento.

Uma TV e um receptor foi levado.

Edição: Allan Victor
Fonte: Frank Cardoso

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

PRF, MPT E IBAMA RESGATAM 25 TRABALHADORES EM CONDIÇÕES ANÁLOGAS À ESCRAVIDÃO NO PIAUÍ





 PRF, MPT e IBAMA realizaram ação conjunta durante toda esta quarta-feira (24), no município de São Francisco de Assis do Piauí, com o objetivo de verificar as condições de um ponto de extração de madeira.
'Alguns tinham que dormir na mata, "ao relento", e não tinham garantido nenhum direito trabalhista'.

Os trabalhadores informaram que tinham que pagar pelo aluguel das motosserras que usavam para o trabalho, no valor de R $ 250,00 por semana, bem como pagar também pelo combustível para utilizá-las.


Fonte: PRF E CATITA

SEGURANÇA


PM lança Operação Comando Itinerante na planície litorânea



O Comando do 2° Batalhão de Polícia Militar do Piauí Major Osmar lançou na manhã desta quarta-feira (24/08) a Operação Comando Itinerante que tem por finalidade de assegurar maior proximidade. A intervenção será feita com frequência nos municípios Cajueiro da Praia, Luis Correia, Parnaíba, Ilha Grande, Bom Princípio do PI, Buriti dos Lopes, Caxingó, Caraúbas do PI, Murici dos Portelas, Cocal e Cocal dos Alves, todos eles compõem a planície litorânea.


O Estado Maior do 2º Batalhão de Polícia Militar do Piauí e seu Comando se instalam em uma cidade escolhida, através de uma ocupação pacífica, levando ações preventivas de policiamento como bloqueios policiais, rondas ostensivas e palestras sobre prevenção ao uso drogas e seus males às escolas dos municípios. Com a esta intervenção poderá ser verificada, em loco, as condições de instalações, viaturas e armamentos em que os policiais da cidade visitada estão trabalhando.


Do: Portal Costa Norte

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

VAQUEIRO TEM SEUS DIREITOS GARANTIDOS POR LEI


Image title
A 2ª Turma de Julgamento do Tribunal Regional do Trabalho no Piauí (TRT-PI) reformou a sentença da Vara do Trabalho do município de Picos e determinou aindenização de R$ 368 mil, para umvaqueiro de 19 anos que sofreu acidente de trabalho, ao cair de um cavalo durante o “estouro” de uma boiada. 
Ronildo de Moura Marta foi diagnosticado com traumatismo craniano, ficando permanentemente incapacitado para realizar qualquer outra atividade trabalhista.
Na decisão, foi excluída parte das verbas deferidas inicialmente e reduzidos os valores finais. Em sentença anterior, o empregador, Ricardo Oliveira Selmi, foi condenado por danos emergentes, danos materiais por lucros cessantes e danos morais, além de plano de saúde, incluindo, serviços médico-hospitalares, de fisioterapia e fonoaudiologia.
DO:Riachão Net

Wellington busca recursos em Brasilia para continuar Luz para Todos



Weelington Dias e Margarete Coelho reunidos com o Presdiente da CEF, em Brasília

O governador Wellington Dias esteve nesta terça-feira (23), em Brasília, em audiência com o presidente da Caixa Econômica Federal (CEF) para tratar sobre a liberação de contrato de empréstimo por meio da Eletrobras, para dar continuidade ao Programa Luz para Todos.
Na ocasião, acompanharam o governador, a vice-governadora Margarete Coelho e o deputado federal Assis Carvalho.
Wellington ressalta a importância do Programa Luz para Todos que tem possibilitado o acesso de famílias residentes em áreas rurais à energia elétrica, acabando com a exclusão elétrica, com a extensão de rede, implantação de sistemas isolados e realização de ligações domiciliares, priorizando escolas rurais, comunidades quilombolas, indígenas, assentamentos, ribeirinhos, pequenos agricultores e famílias em áreas de difícil acesso. O gestor também destaca o trabalho de regularização de gambiarras, problema que ocorre em muitos municípios e interfere na conta de energia, na perda e na qualidade do serviço.
Segundo o Governador, o presidente da Caixa e sua equipe farão uma análise dos dados apresentados para chegar a uma solução para o setor que permita o pagamento das empresas que prestam serviços e geram emprego e renda.
Do;Meio Norte


Governo divulga índices de vacinação contra aftosa na quinta (25)


Resultado de imagem para imagens da vacina contra aftosa

Os índices de vacinação da primeira etapa da campanha contra a febre aftosa em 2016 no estado do Piauí serão divulgados nesta quinta-feira (25), às 11h30, em solenidade no Palácio de Karnak. Na ocasião serão publicados dados sobre o monitoramento de combate à febre aftosa nas criações de bovinos em todo o Estado. A solenidade contará com a presença do governador Wellington Dias.
A vacinação contra a aftosa é indicada a todo bovino e bubalino adulto. O objetivo é manter o ritmo das campanhas dos anos anteriores (em 2015, 95% do rebanho piauiense foi vacinado), para que, em breve, o Piauí passe a ser reconhecido como área livre da aftosa sem vacinação. A segunda etapa da campanha deve ser realizada no mês de novembro.
Livre da Aftosa
Certificado como área livre da aftosa com vacinação desde 2014 e reconhecido como um dos estados que mais avança no combate à doença em todo o país, o Piauí tem como meta vacinar 90% do rebanho em 2016. “A vacinação contra a aftosa valoriza o nosso rebanho e nos permite comercializar nosso produto no exterior, como com o mercado europeu”, destaca Wellington Dias.
Em 2015, já com o selo que lhe permite a livre comercialização, o estado exportou cerca de 65 mil animais, fato que deu impulso a produção local. “Ter um rebanho saudável é garantir segurança no consumo e nos preços”, pontua o governador.
Da: Ccom

Beneficiário do Bolsa Família e Minha Casa terá linha de crédito

Resultado de imagem para imagens do bolsa familia


O governo prepara um pacote de crédito voltado para as famílias de baixa renda, beneficiárias dos programas Bolsa Família e Minha Casa, Minha Vida. Será uma tentativa do presidente interino Michel Temer de conseguir, depois do julgamento definitivo do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff, o apoio da camada mais pobre da população.
O pacote de crédito para o Bolsa Família deverá ser anunciado no final de setembro, assim como o do Minha Casa, Minha Vida. Um fundo de aval será criado com recursos do governo federal para garantir os empréstimos, que serão concedidos pelos bancos.
O crédito será voltado para a compra de equipamentos e ferramentas que permitam ampliar a renda das famílias do programa e estimular o empreendedorismo. Prefeitos de municípios que conseguirem ampliar o número de famílias emancipadas do programa ganharão um prêmio que pode variar de 100.000 reais até 3 milhões de reais.
Em entrevista, o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, disse que um aporte de 100 milhões de reais ao fundo poderá alavancar até 1 bilhão de reais em financiamentos. Os valores finais ainda estão sendo definidos. A linha de crédito está sendo elaborada em conjunto com o BNDES, Banco do Brasil, Caixa e bancos públicos regionais.
“O crédito não é para consumo, mas para atividade produtiva”, disse o ministro. Segundo ele, o acesso ao microcrédito está limitado por conta do volume de garantias exigidas pelos bancos. “São as pessoas que mais precisam de crédito para comprar instrumentos de trabalho, para prestar serviços, como de jardinagem e cabeleireiro, para desenvolverem uma atividade que dê renda”, disse Terra. “As exigências de garantias são tão grandes que inviabilizam o microcrédito”, disse. No caso de inadimplência, o fundo terá o ônus de honrar o pagamento.
O Bolsa Família tem hoje cerca de 14 milhões de famílias beneficiadas. A expectativa do ministro com o lançamento do pacote de inclusão social é reduzir a informalidade do mercado de trabalho. Segundo ele, os usuários do Bolsa Família terão garantia de que, mesmo obtendo uma renda formal, não precisarão sair do programa. “O maior medo que as pessoas têm é de conseguir uma atividade formal e perder o benefício”, disse.
Na avaliação dele, essa é uma das maiores causas da informalidade elevada do mercado de trabalho no país. Para barrar esse temor, o governo dará uma garantia de dois anos ao beneficiário do programa. Mesmo depois desse prazo, se ele perder o emprego, voltará automaticamente para o programa, porque o número de inscrição estará mantido.
Minha Casa, Minha Vida
A linha direcionada aos contemplados no Minha Casa, Minha Vida também terá o objetivo de auxiliá-los a abrir seus próprios negócios, mas só estará disponível para quem mantiver em dia as prestações da casa própria, algo em torno de 800.000 famílias da chamada faixa 1 (com renda de até 1.800 reais por mês). “O sistema de crédito para microempreendedores no Brasil é desastroso”, criticou o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos.
Além do estímulo ao crédito, o governo vai estabelecer uma ação de acompanhamento em casa da primeira infância de todas as crianças que nascerem em famílias beneficiadas pelo programa. Para este ano, o ministro estima custo de 80 milhões de reais e para o ano que vem de 1 bilhão de reais. O gasto deve ser compensado com o pente-fino que o governo está fazendo nos programas sociais para excluir beneficiários irregulares.
Para o cientista político Murillo de Aragão, da consultoria Arko Advice, a iniciativa de oferecer microcrédito orientado para a produção é um bom projeto, desde que acompanhado de outras ações, como a desburocratização para a abertura de negócios. “Se for bem feito, pode resultar na independência em relação aos programas assistencialistas, mas muitas vezes essas ideias são desvirtuadas e fogem dos objetivos iniciais”, pondera.
Para ele, o governo precisa controlar de perto quem serão os beneficiados dessas linhas e se os recursos serão realmente usados para a compra de equipamentos. Aragão lembra, por exemplo, que o seguro-defeso também foi criado com um objetivo nobre, de ser uma espécie de seguro-desemprego para pescadores artesanais impedidos de exercer a atividade durante a época de reprodução dos peixes, mas o governo identificou que o benefício estava sendo concedido a pessoas que nem eram pescadores. “É preciso ficar atento para esse tipo de ação não acabar sendo contaminada com as fraudes”, alerta.
Da Revista: Veja